CEO´s – Executivas do Lar

28 nov

Em uma consulta de rotina, enquanto folheava aleatóriamente as páginas de uma revista – na expectativa de ser atendida brevemente -, ouvi a secretária perguntar a uma paciente: profissão?  A resposta veio em tom baixo e tímido… “do lar”  Como? – pensei! 

Tudo depende da interpretação que damos aos fatos.  Nesse caso, era evidente que aquela moça, com pouco mais de trinta e cinco anos,  não estava nada à vontade em “ouvir de sua própria voz”, aquilo que não sabia valorizar em sua vida: a atividade que ela exercia. 

Nos tempos atuais, as mulheres que optaram em trabalhar em casa, hoje lideram uma “mini-empresa” onde a equipe está em constante aprendizado.  Cuidar da família, administrar finanças e agendas, dar conta de levar e buscar os filhos na escola – e nos cursos extra-curriculares –, organizar atividades de lazer para a família; além de eventualmente prestar trabalho voluntário. Ainda somam as atribuições de serem educadoras, profissionais, “enfermeiras”, “sargentos”, “agente de viagens”, “jardineiras” e muito mais…

Essas mulheres são verdadeiras CEOs do lar! A sigla – CEO – Chief Executive Officer significa, em inglês, Diretora Executiva, uma expressão usualmente empregada para os líderes de empresas.

Se isso lhe parece familiar, provavelmente você deve saber o que é fazer malabarismo enquanto se esforça para equilibrar suas necessidades físicas, espirituais e emocionais.  Sem esquecer das necessidades emocionais dos outros, o que contribui para desenvolver seus próprios dons e novas habilidades, também.

Alguém discorda que, com todo esse apoio logístico, a mulher permite ao parceiro(a) exercer sua profissão, já que a casa está bem estruturada e organizada?

Diante dessas múltiplas tarefas domésticas, dos cuidados com os filhos e marido, atualizar-se, acompanhar as notícias e o que acontece pelo mundo é fundamental, para poder aprimorar-se, além de auxiliar na orientação dos filhos em qualquer idade, principalmente na adolescência.  

Mulheres que se dedicam a casa, mas que sabem valorizar suas habilidades, que mantém a sua auto-estima elevada, e que atuam com dignidade, inspiram outras e outros à sua volta; lideram a execução de inúmeras tarefas; interessam-se em crescer intelectualmente e se auto-desenvolver e são, sobretudo, formadoras de opinião – de grande valor – pois estão gestando as mulheres e os homens do amanhã.

 

Assuntos Relacionados

Permita-se pequenos prazeres!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: